quinta-feira, 25 de abril de 2013

3 Seis coisas o SENHOR aborrece, mas a sétima ele odeia.



Provérbios 6:16
Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina
Provérbios 6:17
olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, 
Provérbios 6:18
coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal,
Provérbios 6:19
testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos.

Eu não sei se você pratica uma destas seis coisas, ou ainda a sétima, porém se este for o seu caso, é melhor rever os seus conceitos e seus caminhos diante de Deus. Pois o mesmo Deus que é amor é também justiça.

·         Olhos altivos – O Olhar altivo é típico daquela pessoa que se acha superior às demais. Sabe aquele tipo de gente que olha as demais por cima do ombro? Existem pessoas que porque têm alguma coisa ou são mais bonitas ou intelectuais acham-se superiores aos outras. CUIDADO, pois Deus abomina a altivez.

·         Língua mentirosa – Uma coisa que jamais pode dominar a vida de um crente salvo é o “habito de mentir”. A queda da humanidade partiu de uma mentira de Satanás para Eva no Éden.

·         Mãos que derramam sangue inocente – Estamos falando de pessoas homicidas. Mas será que serão apenas aos homicidas na prática (os que matam de fato) que o texto sagrado está referindo-se? Leiamos o que diz João: “Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele”. 1 João 3:15
Observe que na concepção de João, a pessoa não precisa matar de fato a outra para ser considerada homicida basta “odiar”. Você odeia alguém? Tem alguém que você não suporta vê na sua frente? É melhor repensar suas atitudes.

·         Coração que trama projetos iníquos – Devemos tomar muito cuidado para não maquinarmos o mal em nosso coração contra quem quer que seja. Pois o Senhor é vingador das injustiças, e está escrito que Ele olha para dentro do nosso coração e sonda-nos.

Pés que se apressam a correr para o mal - É preciso pedir a Deus, sempre, sabedoria.  Precipitações, impaciência, ingenuidade, fraqueza, tentações, ciladas do Maligno...  bem podem nos levar a “correr para o mal”. A Bíblia tem um alerta para nós: Pv 19:2  “Não é bom agir sem refletir; e o que se apressa com seus pés erra o caminho”.
Por isso temos a necessidade dos conselheiros:  Pv 15:22 “Onde não há conselho, frustram-se os projetos; mas com a multidão de conselheiros se estabelecem”.

Testemunha falsa que profere mentiras - Em Atos 6 temos o relato de como Estevão teve que enfrentar acusações de falsas testemunhas: “e apresentaram falsas testemunhas que diziam: Este homem não cessa de proferir palavras contra este santo lugar e contra a lei; porque nós o temos ouvido dizer que esse Jesus, o nazareno, há de destruir este lugar e mudar os costumes que Moisés nos transmitiu” (At 6:13 e 14).No julgamento de Jesus os judeus do Sinédrio usaram o mesmo precedente contra o Senhor (Mt 26:59ss).Talvez o caso de falsas testemunhas mais escandaloso de todos os tempos se encontre em Mateus 28:11-15, no caso do suborno dos guardas do sepulcro de Jesus, para que testemunhassem uma versão mentirosa, do roubo do corpo enquanto eles dormiram. Pv 19:5 “A testemunha falsa não ficará impune; e o que profere mentiras não escapará” (no verso 9 esta palavra é repetida!).

E o que semeia contenda entre irmãos - O homem vil e perverso de Pv 16:27-30 : “O homem vil suscita o mal; e nos seus lábios há como que um fogo ardente. (28) O homem perverso espalha contendas; e o difamador separa amigos íntimos. (29) O homem violento alicia o seu vizinho e guia-o por um caminho que não é bom. (30) Quando fecha os olhos fá-lo para maquinar perversidades; quando morde os lábios, efetua o mal”. Pv 26:20 “Faltando lenha, apaga-se o fogo; e não havendo difamador, cessa a contenda. (21) Como o carvão para as brasas, e a lenha para o fogo, assim é o homem contencioso para acender rixas. (25) Quando te suplicar com a voz suave, não o creias; porque sete abominações há no seu coração. (26) Ainda que o seu ódio se encubra com dissimulação, na congregação será revelada a sua malícia”. Pv 17:9 “O que perdoa a transgressão busca a amizade; mas o que renova a questão, afasta amigos íntimos”.
Tomemos cuidado, pois o nosso Deus é um fogo consumidor.

Shalom Adhonay,
                            João Augusto de Oliveira

3 comentários:

  1. Gostei muito desse estudo,serve para que olhamos para nós mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito desse estudo,serve para que olhamos para nós mesmo.

    ResponderExcluir
  3. uma excelente reflexão para nossas vidas diante de DEUS e dos homens....Amém...

    ResponderExcluir

 

A voz da Palavra Profética Copyright © 2011 - |- Template created by Jogos de Pinguins