quinta-feira, 23 de maio de 2013

1 Ai dos que cometem escândalos e fazem com que o nome de DEUS seja blasfemado!



E quem fizer tropeçar a um destes pequeninos crentes, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse lançado no mar (Marcos 9.42 / ARA).

Jesus continuou: - Quanto a estes pequeninos que creem em mim, se alguém for culpado de um deles me abandonar, seria melhor para essa pessoa que ela fosse jogada no mar, com uma pedra grande amarrada no pescoço (Marcos 9.42 / NTLH).

Se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que creem em mim, seria melhor que fosse lançado no mar com uma grande pedra amarrada no pescoço (Marcos 9.42 / NVI).

O evangelista Mateus cita no capítulo 18 e versículo sete as palavras do Senhor Jesus da seguinte forma: 

A interjeição “ai” é carregada de significados dolorosos e funestos nas paginas das Escrituras que eu não desejaria nem ao meu pior inimigo. (Vejamos, por exemplo, a colocação dela em passagens como: Isaías 10.1; Habacuque 2.12; Lamentações 5.16; Mateus 24.19; Apocalipse 8.13; Apocalipse 12.12 etc.) Observe que em todas essas passagens citadas o “ai” tem um significado extremamente doloroso para aqueles que são atingidos por ele.

Na passagem supracitada (Mateus 18.7) este “ai” atinge especificamente àqueles que “causam escândalos” e permitem assim que o nome de Deus seja blasfemado. Na dúvida, leiam novamente (Marcos 9.42) e vejam o castigo reservado para os que dão escândalos e não se portam como homens e mulheres de Deus.

Seria melhor para essa pessoa que ela fosse jogada no mar, com uma pedra grande amarrada no pescoço... (Marcos 9.42b / NTLH). Você já imaginou o que é a morte por afogamento com uma “grande pedra” amarrada ao pescoço? Morrer afogado já é terrível, imagina nestas circunstâncias?

Eu particularmente já tive uma experiência de afogamento (graças a Deus não morri) quando tinha 16 anos e lhes digo que não é nada agradável; Quanto mais se a vítima tiver uma “pedra” amarrada ao pescoço.

Quando o Senhor Jesus dava-nos essa “ADVERTÊNCIA” através dos evangelistas ele não estava nos ameaçando, mas nos dando uma ideia do “castigo” que está reservado para os que dão escândalos à obra de Deus.

Vendo os dias atuais e os escândalos aos milhares, daqueles que deveriam ser luz do mundo e sal da terra fico imaginando: Será que essas pessoas não conhecem a Bíblia? Será que não têm noção do castigo reservado a eles? São pessoas que dão um péssimo testemunho na presença dos pecadores, falam palavrões abertamente, participam de negócios escusos, envolvem-se em escândalos sexuais etc. Será que essas pessoas pensam que escaparão da punição divina?

Reflita e pense duas vezes antes de escandalizar a obra de Deus e permitir que o seu nome seja blasfemado por sua causa.

Boa semana a todos,

           João Augusto de Oliveira

1 comentários:

 

A voz da Palavra Profética Copyright © 2011 - |- Template created by Jogos de Pinguins