sexta-feira, 11 de outubro de 2013

3 Quem é o meu maior inimigo?



Encontramos na Bíblia Sagrada o relato de que temos “um grande inimigo”, o Diabo, o pai da mentira e seus asseclas os demônios. Que frequentemente estão ao nosso derredor procurando fraquezas e falhas para nos acusar e derrubar.

Longe de mim querer discordar da visão e interpretação bíblica, antes pelo contrário gostaria de corroborar um pensamento meu que acredito que se coaduna a interpretação bíblico-teológica.

Apesar de Satanás e seus demônios serem adversários terríveis, disso não podemos discordar nem duvidar, contudo ele não é o meu “maior inimigo”; na minha concepção o meu maior inimigo “SOU EU MESMO”! Senão vejamos:
Quando Satanás incorporou na serpente no jardim do Éden e tentou Eva (Gênesis 3.1), na verdade o Diabo a provocou, mas não a obrigou a tomar do fruto da árvore da ciência do bem e do mal; antes foi à própria Eva quem decidiu assim agir. Donde vem a ideia de que mesmo o Diabo aproveitando-se das nossas fraquezas nos tente, contudo a decisão final de pecar ou não, é nossa.

Você pode lutar contra a tentação diabólica e digo mais, a Bíblia nos ordena resistir ao Diabo (Tiago 4.7) e ele foge de nós, mas e como livrar-me de mim mesmo? Das minhas próprias fraquezas, mazelas, dúvidas, iras, invejas, etc.? É por isso que muita gente está perdendo a batalha contra as concupiscências da carne e sucumbindo ao pecado; porque está lutando contra a pessoa errada!

Dia desses um amigo me disse que travava uma luta enorme contra um desejo da carne (ele não suportava ver as mulheres na rua de calça apertada, minissaia, etc.) e estava pensando até em morar num sítio bem ermo onde ele não pudesse ver nada que o provocasse. Confesso que ri daquela história e expliquei-lhe que a “fonte do problema” na verdade não era externa, mas interna. Ou seja, o verdadeiro problema estava dentro dele mesmo e não fora. Sendo assim ele não poderia fugir de si mesmo, mas enfrentar com disciplina rígida, jejum, oração e meditação constante na Palavra de Deus
.
E esse é o mesmo conselho que dou a todos aqueles que estão enfrentando essa mesmo luta no seu dia-a-dia. O que o Diabo faz é usar o próprio desejo do nosso coração corrompido contra nós e através da nossa decisão pessoal de ceder à tentação, então ele nos afasta de Deus e arrasta com ele. Mas, observe que ele não obriga a pessoa, apenas sugestiona e o próprio ser humano é quem atende a tal sugestão.

Por isso digo a você o mesmo que disse aquele amigo: Procure disciplinar a sua mente e os seus olhares, ore, jejue e medite bastante na Palavra de Deus e com certeza Deus te dará vitória sobre o grande inimigo do homem, O PRÓPRIO HOMEM.

Bom final de semana a todos,

João Augusto de Oliveira




3 comentários:

  1. Que Deus te abençoe! Adorei a mensagem e irei carrega-la pelo resto da minha vida....

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito, vou seguir esse conselho.

    ResponderExcluir

 

A voz da Palavra Profética Copyright © 2011 - |- Template created by Jogos de Pinguins