sábado, 7 de dezembro de 2013

1 Atitudes de reverência na presença de Deus



ECLESIASTES 5.1-7

Entre os muçulmanos existe um costume ainda praticado hoje, tirar o calçado em sinal de respeito ao entrar no lugar sagrado / templo.

·         Os mulçumanos aprenderam a fazer diferença entre as coisas sagradas e as comuns, ou seja, entre o santo e o profano. 

Algo que precisamos aprender – muitos de nós não sabemos distinguir entre o santo e o profano.

·         Ez 44.23 -  “E a Meu povo ensinarão a distinguir entre o santo e o profano, e o farão discernir entre o impuro e o puro.”

A Bíblia Sagrada faz questão de mostrar a diferença que existe o que é santo e o que é profano.

·         A lição ensinada a Moisés no incidente da  sarça é necessária em nossos dias.

Êxodo 3.5 ”E disse: Não te chegues para cá; tira os teus sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa.”

·         O mesmo aconteceu quando Josué encontra o Anjo, no cerco de Jericó.

Js 5.15 - Então disse o príncipe do exército do SENHOR a Josué: Tira os sapatos de teus pés, porque o lugar em que estás é santo. E fez Josué assim. 

·         A reverência é uma atitude de profundo respeito e amor para com Deus e as coisas sagradas.

A Reverência a Deus não é apenas só por boca, também é muito mais do que ficar em silêncio na presença Dele.

·         Reverencia envolve atitude, ou seja, nosso comportamento na Igreja e com as coisas sagradas.

Sabemos que Deus é onipresente, mas vemos em Sua Palavra que alguns lugares são mais simbólicos de sua presença, surge ai a necessidade de reverência principalmente em Sua casa (IGREJA).

·         A reverência a Deus é inspirada pelo senso de Sua grandeza e a noção que de Sua presença.
         
Gen 28:10-17 - O sonho de Jacó ele teve a visão de uma escada colocada na terra cujo topo tocava nos céus e anjos subiam e desciam por ela e o Senhor falou com ele.

·         Versos 16 e17 – relata que: Acordando, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o SENHOR está neste lugar; e eu não o sabia.  E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus.

Jacó não estava em um templo, mas a ocasião o momento que Deus se fez presente naquele lugar ele temeu e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus.

·         A reverencia que devemos ter na igreja não é pelo prédio (quatro paredes), mas pelo o que ele representa – Jesus disse a minha casa será chamada Casa de Oração.

A ocasião (o momento do culto) e o lugar de oração são sagrados, porque Deus se faz presente.

·         A reverência deve ser manifestada em atitude e comportamento.

Ne 8.5 - “E Esdras abriu o livro perante os olhos de todo o povo. E abrindo-o ele, todo o povo se pôs em pé”.

·         Esdras nem precisou convidar o povo a ficar de pé, no momento em que abriu o sagrado livro da Lei.

De maneira espontânea e natural o povo demonstrou o respeito e a reverência devidos à Palavra de Deus.

·         “Guarda o teu pé, quando entrares na casa de Deus; e inclina-te mais a ouvir do que a oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal” Ec 5.1. 

Diante de um anuncio de emprego: “Precisa-se de:” ou “Vagas Abertas Para” se estamos desempregados imediatamente procuramos saber mais detalhes sobre a oportunidade oferecida e ai resolvemos nos candidatarmos a vaga.

·         No dia e horário marcado pela empresa ou entrevistador, lá estamos nós, de banho tomado, dentes escovados, um perfuminho e certamente com a melhor roupa para a ocasião.

Alem disso devemos nos comportar adequadamente no local da entrevista (pois estamos sendo observados) - Não devemos causar polêmicas; devemos vestir-se adequadamente; apresentar-nos educadamente e respeitosamente; OUVIR mais que falar; Etc...

·         São posturas requeridas para a ocasião, o momento, e o lugar ao qual nos encontramos.

Se tivermos uma postura totalmente contrária às estas. Como você acha que o entrevistador reagiria para conosco?

·         Assim, também, é na CASA DE DEUS. Devemos estar atentos pela forma a qual temos nos apresentado perante Deus.

Nossos cultos são um encontro com Deus.  Deus está presente na pessoa de Seu representante, o Espírito Santo.

·         Só que muitas das vezes agimos como se Deus estivesse distante e fosse indiferente àquilo que acontece no culto.

Embora cremos que onde estiver dois ou três Ele se faz presente -   negamos essa fé por palavras e atitudes de irreverência com que nos conduzimos em Sua presença.

·         No dicionário Aurélio a palavra REVERÊNCIA é descrita por: “Respeito, marcado pelo temor, às coisas sagradas.

A Casa de Deus não é nossa casa, aonde podemos ficar a toda vontade, sentar e levantar de qualquer maneira (principalmente as irmãs).

·         Não devemos tirar os sapatos e colocar os pés no banco, permitir que as crianças fiquem em pé nos bancos, deitadas ou andando na igreja; devemos ensinar os nossos filhos, preparando-os psicologicamente, sobre o dever de se comportar na Casa de Deus.

Nossos filhos são bonitinhos, engraçadinhos, mas se não forem educados se tornarão feios e sem graça – nos envergonharão. Hoje nós rimos amanhã, choraremos.

·         Eli foi um sacerdote e um dos juízes de Israel. Julgou Israel por 40 anos. Do que sabemos, foi um bom sacerdote e um bom juiz.
Entretanto, possuía um problema que o levou à tristeza; tinha dois filhos que eram a sua vergonha, Hofni e Finéias.

·         Eli os repreendeu, porém não os restringiu, não estabeleceu limites os deixou fazer o que queriam no templo.

Hoje acontece o mesmo com muitos pais que acham mais fácil NÃO contrariar um filho deixando simplesmente que eles façam o que bem quiserem na igreja.

·         Há pais que acham que seus filhos são tão maravilhosos que acabam rejeitando a responsabilidade de discipliná-los.

Isso provoca um sentimento de “ausência de lei” e de desrespeito à autoridade – quantos jovens e adultos são irreverentes na igreja tanto com culto e também liderança consagrada por Deus.

·         A falta da disciplina provoca danos sérios à formação do ego e da personalidade da criança.

Este foi o grande erro de Eli:

·         Porque eu já lhe fiz saber que julgarei a sua casa para sempre, pela iniqüidade que ele bem conhecia, porque, fazendo-se os seus filhos execráveis, não os repreendeu. 1 Sm 3.13.

Muitos pensam que não tem problema algum deixar papéis sobre os bancos, riscarem paredes, bancos, cadeiras ou as harpas que são emprestadas, usarem os instrumentos da igreja descuidadosamente, etc.

·         Tudo isto é falta de reverencia com as coisas de Deus.

Por outro lado pergunta-se: Você seria capaz de agir da mesma forma em sua casa? No seu local de trabalho? Na casa de um parente?

·         A falta de reverencia muita da vezes acaba escandalizando as pessoas que nos visitam – alguns saem da igreja levando uma má impressão.

Devemos esta atento a alguns procedimentos com relação ao culto.

·         Não conversar durante o culto. Evite o máximo sair do templo, durante o culto.
Concentre-se e participe dos cultos no período da oração, cante durante o louvor - louve a Deus com fidelidade e energia adorando-o, como Ele requer.

·         Não leia revista, jornal ou outra literatura no templo, além de ser falta de respeito, isso é falta de ética.

Desligar o celular isto evitará que você fique jogando, ou enviando mensagem no horário do culto – se for um prestador de serviço de urgência coloque-o somente para vibrar. 

·         Não chupar balas, mastigar chicletes, comer biscoitos, trazer água para os membros tomarem dentro da igreja.

Brincar com bebes e crianças durante o culto. Dormindo no culto, ficar rindo a toa.

·         Fazer-se omisso aos pedidos e indicações dos lideres do culto (todos de pé muitos ficam sentados, vamos orar não oram).

Acenar para os irmãos, em vez de estar atento à mensagem ou cantando.

·         Não Interrompermos o culto para fazer perguntas.

Devemos cumprimentar os visitantes no momento oportuno - Ofereça a sua Bíblia e harpa ao visitante, fazendo com que participe dos Cultos.

·         Dispense especial atenção aos visitantes, convidando-os para outras vezes aos cultos e escola dominical.

Procure chegar pelo menos 5 minutos antes do início do culto, traga a sua Bíblia e harpa.

·         Cumprimente quem estiver na chegada, mas entre logo e prepare-se em oração.

Não entre no Templo no momento em que estiver sendo lida a Bíblia ou houver alguém orando.

Ocupe os primeiros bancos, deixando os últimos para os retardatários, escolha seu lugar, sente-se e não mude mais, deixando sempre as extremidades dos bancos livres. 


1 comentários:

 

A voz da Palavra Profética Copyright © 2011 - |- Template created by Jogos de Pinguins