quinta-feira, 12 de outubro de 2017

0 Reflexão –Jesus virá buscar você?





TEXTO- Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade. Mas, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrito: Tragada foi a morte na vitória. (I Coríntios 15.51-54)

INTRODUÇÃO – Lembro-me perfeitamente de quando iniciei minha caminhada na fé. Era uma boa época (há 22 anos) para ser cristão. Claro que não se compara a décadas atrás, no entanto, acreditem era melhor milhares de vezes do que estes dias tenebrosos que estamos vivendo. E não estou falando apenas em termos de mundo, mas de igreja também. Só para ter uma noção ainda lembro-me do meu pastor e demais irmãos (a maioria não tinha TEOLOGIA) subindo ao altar e pregando na sua simplicidade, mensagens sobre salvação, santidade e principalmente a VOLTA DE JESUS para buscar a Igreja.

    Olhando para as coisas hoje chego a uma conclusão: Ou os homens perderam a esperança na volta de Jesus ou o adversário colocou uma fobia em vários corações e simplesmente os silenciou. Parece que até mesmo ministros do altar (salvo exceções) não acreditam mais que Jesus virá para arrebatar a Igreja, mesmo essa mensagem estando tão saliente nas Escrituras Sagradas, especialmente no Novo Testamento.

     Porém para àqueles que ainda conservam no coração essa esperança (e sei que são milhares), tenho algo a dizer da parte de Deus – ele virá nos buscar e isso se dará muito em breve. Resta saber se você ainda faz parte do contingente que Jesus levará para os céus.

1.      Ele virá buscar um povo salvo – Ele não virá buscar frequentadores de culto sem compromisso com ele e com a sua Palavra, mas um povo salvo. Essa é a grande questão da vida cristã: Você é salvo ou mero frequentador de Igreja? Precisamos decidir hoje quem somos de fato, pois no momento do Arrebatamentos (PISCAR DE OLHOS) não dá para tomar essa decisão.

2.      Ele virá buscar um povo que o tem por SENHOR – Paulo quando escrevia a Igreja em Corinto disse: Ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão for pelo Espírito Santo”. Não podemos ser salvos em Jesus se ele ao mesmo tempo não o Senhor das nossas vidas. Eu não posso dizer que o Espírito Santo habita em mim e ao mesmo tempo achar que sou “dono do meu nariz”, portanto faço o que quero. Na verdade, no momento da minha conversão (SE FOR VERDADEIRA) a minha vida deixa de me pertencer e passa a ser propriedade do meu Salvador e Senhor, caso contrário, algo está errado.

3.      Jesus virá buscar um povo  transformado –“ Aquele que está em Cristo nova criatura é...” (2 Coríntios 5.17ª). Você já foi transformado por Jesus ou continua fazendo as mesmas coisas e cultivando os mesmos hábitos de antigamente? Jesus somente levará para o céu aqueles que já se deixaram transformar aqui na terra. PERFEITOS? Não, mas a caminho dela diariamente. Essa é a meta daquele que foi transformado pelo poder de Deus na conversão.

4.      Jesus virá buscar um povo que deseja estar com ele – Como podemos pensar em ir para o céu com Jesus se estamos tão satisfeitos com a terra? SE estamos vivendo como se o céu não existisse, podemos pensar em um dia ir lá? A  tônica da igreja pós moderna é a terra (bens, conquistas, casamentos, faculdades, realizações, etc.) e nisso vivem focados 100% como se a ideia de ser arrebatado a qualquer momento os assustasse.


CONCLUSÃO – E quanto a você meu irmão e amigo que lê essa simples reflexão; ainda tens o desejo de ir morar com o Rei? Ainda crês no Arrebatamento? Na sua iminência? Na necessidade de viver uma vida santa enquanto aguardamos esse dia glorioso? És um daqueles que Jesus vem buscar ou já estás dizendo: POR FAVOR SENHOR NÃO VENHA AGORA, SENÃO ATRAPALHARÁS OS MEUS PLANOS?
         
    Bom feriado a todos,
                                            João Augusto de Oliveira



sábado, 7 de outubro de 2017

0 REFLEXÃO - Se o mundo vos odeia (como Igreja) regozijemo-nos




Texto: Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim. Se fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; mas, porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavra, guardarão também a vossa. (João 15.18-20)

             Odiados por um mundo que não conhece a Deus

 Recentemente fomos bombardeados com uma reportagem da "REVISTA VEJA" contendo uma crítica pesada aos evangélicos brasileiros. Nesta, o jornalista ataca duramente os cristãos evangélicos, o que definitivamente acaba por tornar-se um incentivo à perseguição desnecessária contra a Igeja do Senhor.

  O que mais têm me causado espanto não é a "REPORTAGEM" em si, mas a reação admirada de alguns cristãos (dentre nós), como se isso fosse coisa do outro mundo (pensando bem é mesmo) sermos atacados pela mídia (televisiva ou jornalística) ou mesmo por autoridades seculares. Ora, não nos alertou o Senhor Jesus quanto a isso há quase dois mil anos? Esse mundo não jaz no maligno? Então porque a perseguição nos espanta?

    Eu realmente fico perplexo quando vejo os nosos irmãos sendo ovacionados e aplaudios por emissoras de televisão compromissadas com o maligno; quando vejo nossos pastores banqueteando-se com políticos e recebendo dos mesmos gorjetas e abraços; quando em nossos púlpitos estão sentados no lugar dos santos, candidatos ou eleitos que na sua grande maioria são adúlteros, prostitutos e ligados a feitiçaria. Isso sim me causa espanto.

    Se estamos sendo tachados de "pessoas incômodas" pelas razões corretas, ou seja, porque não aceitamos passivamente a dissemeninação da prostituição, a apologia a pedofilia, a união homossexual,  o divórcio generalizado e outros centenas de pecados; então devemos levantar as mãos aos céus e bendizer a Deus (Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós - Mateus 5.11-12).

     Ou será que gostaríamos de ser bem vistos por um mundo que jaz no maligno? aceitos por uma sociedade que perdeu os rumos do certo e errado? abraçados por um sistema demoníaco que trasforma as pessoas em zumbis infernais sem vontade propria? Quanto a mim prefiro que me critiquem, me persigam, falem mal e até prendam se preciso for, desde que eu esteja fazendo a vontade de Deus e andando para a glória dele.

    Pense nisso,

                            João Augusto de Oliveira


sábado, 30 de setembro de 2017

0 Reflexão Bíblica - O mundo inteiro jaz no maligno



Estamos cientes de que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno (I João 5.19)

INTRODUÇÃO - Escrito há quase dois mil anos, mas absolutamente atual. Esse versículo que saiu da pena de João parece ter sido escrito hoje, dada a sua atualidade.

Estamos literalmente vivendo um tempo de pecado, podridão e sujeira generalizada. O pior de tudo isso é que grande parte desse "esgoto" que vem assolando o nosso mundo é apoiado e defendido pelo poder público e pelo sistema nosso judiciário.

Sabemos que somos de Deus

É a primeira coisa que devemos ter certeza absoluta é a nossa posição no reino. Pois existem apenas duas: SOMOS DE DEUS OU DO MALIGNO.

Você é de quem? Serve a quem? A Deus ou a Mamom? A quem você tem oferecido a sua vida? A Deus ou a Satanás?

Essas indagações parecem pesadas, mas são reais e delas dependem o nosso destino eterno. A resposta a elas dizem quem verdadeiramente tem sido de fato o senhor de nossas vidas - Deus ou Satanás.

Somos de Deus quando cremos e aceitamos incondionalmente a salvação através de Jesus e o reconhecemos como o Senhor absoluto de nossas vidas.

Somos de Deus quando procuramos viver uma vida de santidade, conforme nos ensina a Bíblia Sagrada e o exemplo de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Somos de Deus quando procuramos adequar a nossa vida à Bíblia Sagrada. A eterna, inerrante e infalível palavra de Deus.

Somos de Deus quando o "AMOR" é  a nossa marca característica. Dizer que ama a Deus ou que o conhece, mas odiar o seu semelhante é "mentir a sí próprio".

           O mundo inteiro está no maligno


Esta é a segunda grande verdade que João nos ensina neste versículo: O MUNDO ESTÁ NO MALIGNO.

Não gostaria que isso fosse verdade, mas infelizmente é o que constatamos diariamente em nossas ruas, cidades e país.

Vivemos cercados pelo caos moral e ético. Parece que o ser humano perdeu todo e qualquer princípio, os valores foram jogados ao ralo e a podridão se espalhou como um câncer fatal no seio da nossa sociedade
.
Acompanhamos recentemente estarrecidos uma exposição organizada por uma determinada instituição bancária, voltada ao público infantil e de conteúdo totalmente execrável, repugnante e nojento. Esta exposição consistia em imagens de pedofilia, zoofilia, incesto, sexo a três etc. algo que nos faz corar de vergonha só de pensar. Imagens que deveriam ser proibidas a maiores de 18 anos são apresentadas a crianças, como a coisa mais inocente do mundo.

Pessoas que estão desfilando nuas nas ruas das grandes cidades vestidas de Jesus Cristo, tentando mostrar que ele (O SENHOR JESUS) era homossexual, bissexual etc., num total e completo desrespeito a Deus e a seu filho amado. Apresentações bestiais e animalescas com a pessoa do amado filho de Deus.

Realmente eu me pergunto como Deus pode ser tão misericordioso e ponto de tolerar tudo isso sem dar o troco a esses imundos... Mas não se espantem senhores se a qualquer momento irromper terremotos no Brasil, furacões ou tornados destruidores; isso não será a fúria da natureza, mas a manifestação da ira de um Deus que tem sido provocado ao extremo por suas insignificantes criaturas mortais.

Para completar a afronta o MAM (Museu de Arte Moderna) apresenta uma suposta exposição de um homem "nu" para crianças e adolescentes ver e tocar como se isso fosse coisa mais normal do mundo. E ainda nos chamam de retrógrados e atrasados porque discordamos dessa pouca vergonha com as nossas crianças.

Conclusão - Estou indignado assim como o profeta Habacuque nos seus dias e pergunto todos os dias a Deus: Até quando, Senhor, clamarei eu, e tu não me escutarás? Gritar-te-ei: Violência! E não salvarás? Por que me mostras a iniquidade e me fazes ver a opressão? (Habacuque 1.2-3)

Oremos Igreja e acordemos para a dura realidade: Esse mundo está sob o controle de Satanás e como tal está afrontando e desafiando a Deus de todas as maneiras possíveis. Assim como o ar que respiro, estou certo, que brevemente do céu virá a recompensa devida a tanta loucura.

"Pois eis que vem o dia e arde como fornalha; todos os soberbos e todos os que cometem perversidade serão como o restolho; o dia que vem os abrasará, diz o SENHOR dos Exércitos, de sorte que não lhes deixará nem raiz nem ramo. Mas para vós outros que temeis o meu nome nascerá o sol da justiça, trazendo salvação nas suas asas; saireis e saltareis como bezerros soltos da estrebaria".(Malaquias 4.1-2)

Pense nisso,

                João Augusto de Oliveira

terça-feira, 26 de setembro de 2017

0 Reflexão Bíblica - Evangelhos pregados atualmente





Texto:   Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema.

Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. (Gálatas 1.8-9)

Introdução - Quando o Senhor Jesus voltou aos céus ele ordenou que os discípulos fossem pelo mundo inteiro e pregassem o "Evangelho" (BOAS NOVAS). Eles obedeceram a ordem dada e espalharam a mensagem por toda a parte. Paulo, um deles, foi tão ousado em espalhar a mensagem que chamou este Evangelho de seu.

Não obstante a tudo isso com o passar dos anos agregaram-se a este Evangelho puro de Nosso Senhor; outros pseudoevangelhos que vêm tentando roubar na Igreja o lugar do verdadeiro. Por incrível que pareça esses supostos evangelhos têm sido apregoados por pessoas em nosso meio diariamente, algumas delas desinformadas, outras totalmente mal intencionadas.
Graças a Deus que em meio a esse turbilhão de vozes (pregações) tentando nos chamar a atenção para o errado, ainda existe um remanescente pregando o verdadeiro Evangelho de Jesus.

1. Evangelho Humano.
Detectamos esse evangelho pregado por alguns que centralizam sua mensagem apenas e unicamente no "homem". É o chamado evangelho antropocêntrico, cujas glórias são dadas apenas e unicamente ao homem.
Desse quadro fazem parte aqueles pregadores que tentam fazer da Bíblia um menu de restaurante e dos fiéis fregueses ávidos por iguarias, escolhendo  e exigindo do garçom (JESUS) o que melhor lhes convêm.

2. Evangelho do nada a ver.
Neste evangelho, um dos mais pregados atualmente, tudo pode e nada é pecado. Parece até que pecado é falar a verdade e repreender àqueles querem viver no erro.
Neste evangelho o pregador diz somente o que o povo quer ouvir, ou seja, nada de reprovações ou cobranças; mas apenas bençãos e benesses. Afinal de contas, dizem eles (os pregadores) Deus é amor e ele quer "somente o nosso coração sincero"; de resto tudo pode.

3. Evangelho da saúde perfeita e prosperidade (barganha)
Esse grupo que nasceu nos Estados Unidos através de alguns hereges de lá e foi trazido para a nossa América através de alguns supostos pregadores que para lá viajaram é um dos piores. Ele diz que o cristão verdadeiro não pode nesse mundo passar necessidade financeira nem ficar doente; pois se isso acontecer denota falta de fé do fiel ou infidelidade para com Deus. Em outras palavras, a vida do crente tem de ser: boa casa (mansão), bom emprego (que ganhe milhões), carrão e nunca ficar doente.
Esse evangelho assim como todos os anteriores é falso, mentiroso e diabólico, pois desconsidera a Bíblia como um todo, desrespeita a  soberania de Deus e a história cristã.

Na Bíblia encontramos todos os homens de Deus do passado como homens de grandes lutas e sofrimentos: João Batista perdeu a cabeça por falar a verdade, Pedro foi crucificado de cabeça para baixo (conforme a tradição), Paulo sofreu tanto que não dá nem pra descrever e teve por fim uma morte trágica. Isso sem falar nos profetas do V.T. e principalmente JESUS, o Senhor deles e nosso que conforme detalha Isaías 52 e 53 foi humilhado, vituperado, viveu na pobreza desde o nascimento, foi preso, açoitado, despido, crucificado e morto.

Somos nós então melhores do que todos eles? Se eles sofreram tanto pelo Evangelho, devemos nós apenas colher os frutos? Se mataram o nosso Jesus daquela maneira o que não farão a nós? (Lucas 23.27-28).

4. O Evangelho verdadeiro de Jesus
Era este o Evangelho que Paulo pregava e  devia ser defendido e amado pelos Gálatas e não somente por eles, mas por todo o povo de Deus.
Sei que um pregador está pregando este Evangelho quando a sua mensagem contém:

a. Calvário - Como forma de redenção de toda a raça humana.

b. Salvação pela graça de Deus, mediante a fé, independente das obras.

c. Vida de Santidade - Não somo salvos porque vivemos em santidade; mas vivemos em santidade exatamente por fomos salvos. Dizer que é salvo, mas viver uma vida de pecados é uma afronta ao caráter santo de Deus.

d. Amor ao próximo - Dizer que ama a Deus, mas odiar o seu irmão é no mínimo suicídio espiritual. "Aquele que diz que ama a Deus, mas odeia a seu irmão é mentiroso". (I João 4.20). Agora esse "amar a seu irmão" não se resume apenas a um amor intelectual, de palavras, antes o verdadeiro amor é ativo em ajudar quem precisa. Dizer que ama, mas virar as costas à necessidade dos outros transforma você num mentiroso.

e. Crer na esperança da Volta de Jesus - Nossa esperança é sua vinda, o Rei dos Reis vem nos buscar, nós aguardamos Jesus ainda até a luz da manha raiar. (Coro do hino 300 da Harpa Cristã).

CONCLUSÃO -Qualquer evangelho que não proclama a volta de Jesus para buscar a sua Igreja e o juízo a esse mundo rebelde é evangelho falso e deve ser considerado como disse Paulo ANATEMA (Maldito).

Cuidado com o que você ouve por ai com o nome de "evangelho". Analise com atenção o conteúdo da mensagem do pregador. Se não se enquadrar no modelo Neotestamentário pregado pelo Senhor e seus apóstolos não aceite.

       Pense nisso,

                           João Augusto de Oliveira


quinta-feira, 21 de setembro de 2017

0 Reflexão Bíblica – Os desastres naturais e a ira de Deus




Reflexão Bíblica – Os desastres naturais e a ira de Deus

Texto: A terra pranteia e se murcha; o mundo enfraquece e se murcha; enlanguescem os mais altos do povo da terra. Na verdade, a terra está contaminada por causa dos seus moradores, porquanto transgridem as leis, violam os estatutos e quebram a aliança eterna. Por isso, a maldição consome a terra, e os que habitam nela se tornam culpados; por isso, serão queimados os moradores da terra, e poucos homens restarão (Isaías 24.4-6 / ARA)

A terra vai secando e murchando, o mundo inteiro vai se acabando, os céus e a terra vão se desfazendo. A terra está impura por causa dos seus moradores, pois eles desobedeceram às leis e aos mandamentos de Deus e quebraram a aliança que devia durar para sempre. Por isso, Deus está amaldiçoando e destruindo a terra, e os seus moradores estão pagando pelos seus pecados; um fogo devorador os está queimando, e poucos escapam com vida (Isaías 24.4-6 / NTLH)

CRISES E CATÁSTROFES SEM PRECEDENTES

Estamos no ano de 2017 e mais uma vez uma previsão absurda dá conta que a terra vai ser destruída esse ano, mais especificamente no dia 23 de Setembro de 2017. Talvez eu até ficasse assustado com essa assombrosa e medonha previsão, se não fossem milhares delas (todas falhas) nos últimos anos.

Mas a verdade é que estamos experimentando uma onda de desastres naturais (tempestades, tornados, furacões, terremotos etc.), como nunca visto antes. Isso sem falar das tensões de guerra entre EUA e Coréia do Norte, crise econômica e financeira em diversos países do mundo (principalmente no Brasil), crise política sem precedentes etc. Quando olho para tudo isso não posse deixar de pensar que algum fundo de verdade deve haver por trás da ideia de Deus dar cabo do planeta, mesmo que através da ação irresponsável do próprio homem.

É impossível ignorar as tragédias que nos cercam diariamente como os recentes furacões nos Estados Unidos, Caribe, Chile etc. que vitimaram centenas, deixaram milhares de desabrigados e estão obrigando estas nações a gastar bilhões de dólares na recuperação de suas cidades.

Recentemente lemos a triste notícia do terremoto que atingiu nosso vizinho, o México, vitimando dezenas de vidas e deixando centenas de feridos e desabrigados.

Não sei quanto aos senhores (leitores), mas eu particularmente acredito que ainda não acabou (e não estou sendo pessimista nem pregoeiro de previsões funestas), estou apenas sendo realista. Teremos ainda nesse ano (2017) mais tragédias dessa natureza (lamentavelmente) ainda mais crises na economia, na política e na religião. A verdade é que a terra está entrando em colapso por causa da manifestação da ira de Deus devido a prática exacerbada e desenfreada do pecado humano.

A Bíblia é bem clara quando diz que Deus não tolera o pecado, seja de quem for, seja praticado onde for; mas que ele julgará com justiça e retribuirá o homem com a manifestação da sua ira (através de males, pestilências, desastres naturais etc.) como recompensa ao pecado humano (Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. Romanos 1.18).

O pecado dessa terra tem cheirado mal às narinas de Deus e assim como no tempo de Sodoma e Gomorra ele desceu (sentido figurado) para contemplar de perto e sentiu ojeriza diante de tudo o que os seus olhos estão presenciando. Desde a liberação de toda a sorte de promiscuidade sexual, adoração a demônios, excesso de idolatria, violência desmedida, falta de amor generalizada, egoísmo, avareza, morte de milhões de inocentes (ABORTO) etc.

Isso sem falar nos pecados cometidos pela própria Igreja (aqueles que se dizem cristãos) que talvez sejam piores dos que os cometidos por aqueles declaradamente ímpios e pecadores. Pois quando um povo que tem conhecimento de Deus, mas vive à revelia (como é o caso da Igreja hodierna) praticando toda a sorte de pecados diante do Senhor, isso torna-se uma ofensa mil vezes maior do que os pecados de mundo perdido.

Acredito, assim como disse Jonathan Edwards há quase 300 anos que “Deus está mais irado com alguns que estão hoje dentro das igrejas do que com aqueles que estão fora dela”. Pois conhecer o evangelho e viver em total desacordo com ele é uma sandice indescritível e uma afronta desmedida aos olhos do Todo Poderoso.

CONCLUSÃO – Por tudo isso e muito mais (que não cabe aqui nesta simples reflexão) é que eu acredito que todos esses males que estão vindo sobre nós revelam a justa manifestação da Ira de Deus contra toda a carga de pecados e rebeldia da humanidade. Acredito ainda que dias piores virão nos próximos anos, dias de caos e tragédias incontáveis, dores lancinantes e pragas inigualáveis, dias de desemprego e fome sem par na terra. Pois o ser humano abandonou qualquer princípio cristão e de boa conduta e tornou-se uma verdadeira besta fera solta no campo, a praticar tudo o que o seu coração pervertido lhe manda, sem nenhum freio ou receio do mal que disto lhe virá.

    Para escapar de tudo isso há somente um caminho, sim somente um, não dois ou três, mas apenas um: CRISTO JESUS. Ele disse: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim. (João 14.6.)

Somente aceitando a graça oferecida na cruz, crendo em Jesus como Senhor e Salvador e vivendo uma vida que agrade a Deus (ODIANDO O PECADO E A INIQUIDADE) o ser humano pode escapar dos males que virão. Porém, se recusar, então prepare-se para encarar toda a manifestação da Justa, Santa e Perfeita IRA DO DEUS TODO PODEROSO.

   Pense nisso,

                      João Augusto de Oliveira


 

A voz da Palavra Profética Copyright © 2011 - |- Template created by Jogos de Pinguins