sexta-feira, 31 de maio de 2013

0 MISSIOLOGIA - Como vivem os cristãos no Catar


Esse minúsculo país da Península Arábica é o lar da agência de notícias Al Jazeera. Bem desenvolvido e com a menor taxa de analfabetismo no mundo árabe, em 2022, planeja sediar a Copa do Mundo. 20º colocado na Classificação de países por perseguição, o Catar possui uma pequena população e há mais trabalhadores estrangeiros do que catarenses nativos


A seguir, confira uma entrevista cedida exclusivamente à Portas Abertas, em que um cristão local conta como é servir a Deus no Catar. As respostas não estão identicadas com o nome para a segurança do cristão.
Portas Abertas: Como é a vida diária para um cristão que vive no Catar?
A maior parte do Corpo de Cristo no Catar é, na verdade, composta por trabalhadores imigrantes de países como Filipinas, Bangladesh, Sri Lanka e Paquistão. Muitos vivem em campos de trabalho (sim, chamam-se campos de trabalho). Eles trabalham de manhã bem cedo até tarde da noite e, em alguns casos, sete vezes por semana. Após o expediente, eles voltam para os seus lares (no campo de trabalho), onde comem e dormem.
As condições de trabalho são muito árduas; os locais de construção, onde muitos deles trabalham, são insuportavelmente quentes no verão, onde as temperaturas podem facilmente ultrapassar 50ºC. Não é incomum que as pessoas morram de insolação ou exaustão.
A comunhão cristã dentro dos campos de trabalho é proibida e precisa ocorrer em segredo. As mulheres imigrantes que trabalham em lares catarenses ficam vulneráveis a abuso sexual e outras formas de abuso físico. Assim como em outros lugares da Península Arábica, a posição das mulheres é frágil; elas dependem de seus protetores que, em sua maioria, são muçulmanos.
Quanto à vida diária dos cristãos catarenses, eles são poucos e tendem a manter sua fé em segredo enquanto tentam viver de acordo com as orientações bíblicas.
Portas Abertas: No Catar, um muçulmano convertido é considerado um apóstata e pode receber pena de morte. Isto aconteceu recentemente?
Há convertidos ao cristianismo, mas, felizmente, não temos ouvido sobre penas de morte a novos cristãos. Na verdade, não temos sabido de nenhuma pena de morte por causa da fé de alguém desde a independência do país, em 1971.
Caso se saiba que alguém quer se converter ao cristianismo, a pressão da família ou de seus pares será rigorosa. A citação seguinte, de um cidadão catarense sobre o que acontece a um filho de muçulmano que queira se converter ao cristianismo, é característica da pressão familiar sobre ex-muçulmanos:
"Quando ele quiser se converter ao cristianismo? Se ele tiver 10 anos de idade, seu pai lhe mostrará os versículos do Alcorão. Se ele tiver 15 anos, seu pai o levará à mesquita para lhe ensinar lições. Se ele tiver 20 anos, um primo o matará ou a família contratará alguém para matá-lo."
De tempos em tempos, recebemos relatos de ex-muçulmanos sofrendo danos físicos por sua fé, por parte de parentes ou colegas que veem a conversão como uma desonra à família. Como consequência desta opressão, os ex-muçulmanos protegem seu anonimato por temerem fofoca ou traição.
Portas Abertas: A Copa do Mundo de 2022 será no Qatar. Você acha que o país se esforçará para melhorar em relação à religião e aos direitos humanos, uma vez que o mundo inteiro estará assistindo?
O Catar está ansioso por se apresentar bem ao mundo exterior. Ele luta para ser um país de significância dentro da região, que é altamente estimada no Ocidente.O país quer ser um pólo logístico entre o Ocidente e o extremo Oriente. Ele quer ser considerado sério politicamente. O Catar foi o único país árabe que participou dos ataques aéreos aliados na Líbia, por exemplo.
O país também se orgulha de ser o lar da famosa agência de notícias Al Jazeera e quer estar em uma posição onde possa ser visto por todos; a Copa do Mundo faz parte desta ambição.
Honestamente, não espero que os aspectos religiosos e de direitos humanos melhorem devido à Copa do Mundo. Entretanto, a minha oração é que a atenção internacional sobre o Catar, durante este evento, também se concentre nos direitos humanos básicos para os catarenses e trabalhadores estrangeiros no país. 
Portas Abertas: Um terceiro complexo cristão está sendo construído (até este ano, só havia dois em todo o país). Isto é um sinal de mais liberdade para os cristãos?
Embora seja bom que haja um local reconhecido de culto para os cristãos, não vejo isto como um sinal de mais liberdade. A comunhão cristã é proibida no país, exceto para trabalhadores imigrantes na área designada fora da cidade. Esta área é muito pequena para acomodar todos os trabalhadores imigrantes cristãos e também é muito remota. Os cristãos catarenses não têm nenhuma liberdade do governo.
Como devemos orar por nossos irmãos e irmãs do Catar?
Ore pelos cristãos locais. Ore para que experimentem comunhão com outros cristãos. Com frequência, a situação para um ex-muçulmano é muito difícil. Em quem você pode confiar para compartilhar sua nova fé? Ore para que não fiquem isolados.

Ore também para que o país não apenas se apresente como um Estado moderno e moderado, mas também mostre que possa sê-lo. A despeito das rápidas mudanças nas décadas passadas e do crescimento da riqueza, a cultura e a herança islâmica permanecem firmes. Não há abertura para outras religiões, o que torna o cotidiano de trabalhadores estrangeiros e, ainda mais, de cristãos locais extremamente difícil.
Saiba mais sobre o Catar aqui.

FontePortas Abertas Internacional

TraduçãoGetúlio A. Cidade


quarta-feira, 29 de maio de 2013

0 De tudo que se pode guardar; guarda a TUA FÉ



Ora, a  é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem (Hebreus 11.1)

O próprio autor da epistola aos Hebreus no capítulo onze e versículo seis diz: “De fato,  sem  é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam”.

Examinando estes e outros textos das Escrituras Sagradas nós chegamos a uma conclusão: de tudo o que se pode guardar, com toda certeza feliz é aquele que consegue GUARDAR FIRME A SUA FÉ.

Muitos guardam dinheiro em excesso ou até mesmo carrões em suas garagens; alguns guardam centenas de livros (literaturas seculares), há também aqueles que guardam roupas de marcas e grifes etc. Bem, eu não sou contra ninguém guardar nenhuma dessas coisas, mas havemos de convir que na hora da “tempestade” todas elas serão inúteis, restando apenas à pequena centelha de fé que houvermos guardado.

Quantos sucumbem diante das agruras da vida por simplesmente desprezarem a fé em Deus e a convicção de que Ele está interessado em ajudá-las e consolar, provendo nos momentos mais difíceis o escape para que não pereçamos?

O que você tem se preocupando em guardar? Não sei o tipo de luta ou tempestade que você está atravessando no momento, mas se você ainda tem um pouquinho de fé guardada no coração, então clame a Deus por socorro, pois ele está bem ali na popa do barco somente aguardando ser chamado com fé.

Não ter fé é uma tragédia para a vida espiritual do crente, pois quando não acreditamos em Deus e nas suas promessas, simplesmente o chamamos de “mentiroso”. Agora ter fé e de repente perdê-la por falta de manutenção e zelo é pior ainda.

Fica agora a pergunta: como ter fé e guarda-la? Acredito que cabe aqui a resposta de Paulo aos Romanos: De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. Romanos 10:17.

Partindo dessa declaração paulina eu me atrevo a dizer que não somente o nascimento da fé no coração do crente, mas também a sua conservação provêm exatamente de ouvir, ler, meditar e obedecer a Palavra de Deus. Você tem feito isto?

De tudo o que se pode guardar nesta vida; guarda a tua fé!

João Augusto de Oliveira

terça-feira, 28 de maio de 2013

0 Parousia, Apocalypsis e Epiphaneia


Na escatologia paulina em relação à volta do Senhor. Vamos analisar a primeira:

1)       Parousia – Pode ser traduzida como “vinda” ou como “presença”. Também utilizada por Paulo quando se referiu à vinda de Estéfanas (1 Co 16.17) e de sua própria vinda a Filipos (Fl 1.26). A palavra geralmente significa presença pessoal e foi usada para a volta do Senhor, naquilo que este evento se relacionado com as bênçãos aos cristãos (1 Co 15.23; 1 Ts 4.14-17) e com a destruição do homem do pecado (2 Ts 2.8). Na literatura grega não bíblica, geralmente se referia à visita de pessoas de alta classe, especialmente reis e imperadores visitando uma província.

2)       Apocalypsis – Tem significado de “desvendamento”, “descoberta”, “revelação”. O sentido da aplicação da palavra com respeito à vinda de Cristo, é a revelação do que ele é hoje, para o mundo inteiro. Sua glória, seu poder e seu reinado ainda estão encobertos, mas será revelado em sua vinda. (2 Ts 1.7; 1 Co 1.7). É este o sentido do livro de Apocalipse, ele é uma revelação de Jesus em glória. Tudo o que ele é atualmente, será mostrado ao mundo conforme o Apocalipse.


3)           Epiphaneia – Epifanéia é “aparição”, “resplendor” e indica a visibilidade do retorno de Cristo. O termo é bastante restrito às Epístolas Pastorais, mas Paulo também o utiliza na sua Segunda epístola aos tessalonicenses, onde diz que Cristo destruirá o iníquo, com a “epiphaneia de sua parousia” (2 Ts 2.8). Esta palavra é aplicada tanto para a primeira quanto para a Segunda vinda de Cristo. A imortalidade veio através da aparição (epiphaneia) de Jesus na carne (2 Tm 1.10). Mas isto também é futuro, uma vez que aguardamos “o aparecimento (apiphaneia) da glória de nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo” (Tt 2.13).

Pr. Eguinaldo Helio de Souza



segunda-feira, 27 de maio de 2013

0 Qualificações biblicas para o Episcopado


Fiel é a palavra: se alguém deseja o episcopado, excelente coisa almeja” (Tm 3.1).

Paulo descreve algumas qualificações necessárias para se exercer o ministério cristão:

1. Ser irrepreensível em todos os aspectos (I Tm 3.2; I Ts 5.23);

2. Marido de uma só mulher (I Tm 3.2);

3. Que governe bem a sua casa, os filhos na disciplina e com respeito (V4);

4. Temperante, sóbrio (V2);

5. Parco e moderado (V2);

6. Hospitaleiro (V2);

7. Apto para ensinar (V2);

8. Não dado ao vinho (V3);

9. Não violento (V3);

10. Cordato (V3);

11. Inimigo de contenda (V3);

12. Não avarento (V3);

13. Não neófito, novato, calouro (V6);

14. Ter bom testemunho com os que estão de fora (I Tm 3.7; At 22.12; I Ts 4.12).

OBS: Engraçado que dentre todas estas qualificações eu não vejo a seguinte: “É necessário que o obreiro que aspira ao episcopado seja DIZIMISTA FIEL”.

Por que estou dizendo isto? Pois que na maioria dos ministérios evangélicos atuais a condição matre para que seja separado um obreiro ao diaconato, presbitério etc. é justamente o “ser dizimista”.

Mas estudando os evangelhos, as cartas paulinas, as petrinas, as joaninas etc. eu não encontrei essa exigência em lugar nenhum. Alguém poderia por gentileza me mostrar onde isso está escrito? Se não está escrito na Bíblia, então é antibiblico e eu não devo nenhuma obediência aquilo que os homens inventaram de suas mentes como se fosse doutrina bíblica:

. Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens. Marcos 7:7

. As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens; Colossenses 2:22

. Å lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles. Isaías 8:20

. “...para que em nós aprendais a não ir além do que está escrito...”(1 Co 4.6ª)

Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; Apocalipse 22:18

Joao Augusto de Oliveira


domingo, 26 de maio de 2013

0 Escola Biblica Dominical 3º Trimestre de 2013 CPAD - Lições Bíblicas Filipenses



A Revista da Escola Dominical da CPAD no 3º Trimestre de 2013 - Jovens e Adultos - tratará sobreFilipenses - A humildade de Cristo como exemplo para a Igreja, sob os comentários do pastorElienai Cabral.




O objetivo do autor é que ao estudar os temas abordados na revista, os alunos possam aprender como verdadeiramente ter a mente do nosso Senhor. E que prosseguindo para o alvo, tenham seus corações reavivados com a alegria da salvação em Cristo Jesus!

Temas das Lições


Lição 01 - Paulo e a Igreja em Filipos
Lição 02 - Esperança em meio à Adversidade
Lição 03 - O Comportamento dos Salvos em Cristo
Lição 04 - Jesus, o Modelo Ideal de Humanidade
Lição 05 - As Virtudes dos Salvos em Cristo
Lição 06 - A Fidelidade dos Obreiros do Senhor
Lição 07 - A Atualidade dos Conselhos Paulinos
Lição 08 - A Suprema Aspiração do Crente
Lição 09 - Confrontando os Inimigos da Cruz de Cristo
Lição 10 - A Alegria do Salvo em Cristo
Lição 11 - Uma Vida Cristã Equilibrada
Lição 12 - A Reciprocidade do Amor Cristão
Lição 13 - O Sacrifício que Agrada a Deus


Confira ainda as revistas para outras faixas etárias através do link: Revistas Escola Dominical CPAD.


sexta-feira, 24 de maio de 2013

0 O INFERNO (HELL)

 
 
 

Os perversos serão lançados no inferno, e todas as nações   que se esquecem de Deus.”  
Sl 9.17

O inferno existe! É uma verdade clara na Bíblia.

Para nós cristãos, inferno é um lugar e estado de castigo em que os perdidos (morreram na prática contumaz do pecado) estão eternamente separados de Deus.
A Bíblia o descreve como um lugar terrível, de tormento e onde estarão por toda a eternidade todos aqueles que não observaram os preceitos (descritos na Bíblia) do Senhor para suas vidas.
Definir com clareza como é o inferno é muito difícil. Os muitos textos que tratam do assunto, geralmente usam a linguagem figurada que nos leva a vê-lo fisicamente como lugar de: chamas, castigo, fogo etc. Portanto, a possibilidade do inferno não ser um lugar na dimensão espiritual é muito grande, sim, um estado de sofrimento eterno.

A Bíblia afirma também que na volta do Mestre Jesus todos serão ressuscitados. Os justos para a Glória e os injustos para o castigo eterno (Inferno). Veja:

"Jesus terminou, dizendo: —Quando o Filho do Homem vier como Rei, com todos os anjos, ele se sentará no seu trono real. Todos os povos da terra se reunirão diante dele, e ele separará as pessoas umas das outras, assim como o pastor separa as ovelhas das cabras. Ele porá os bons à sua direita e os outros, à esquerda. Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: “Venham, vocês que são abençoados pelo meu Pai! Venham e recebam o Reino que o meu Pai preparou para vocês desde a criação do mundo. Pois eu estava com fome, e vocês me deram comida; estava com sede, e me deram água. Era estrangeiro, e me receberam na sua casa. Estava sem roupa, e me vestiram; estava doente, e cuidaram de mim. Estava na cadeia, e foram me visitar.” —Então os bons perguntarão: “Senhor, quando foi que o vimos com fome e lhe demos comida ou com sede e lhe demos água? Quando foi que vimos o senhor como estrangeiro e o recebemos na nossa casa ou sem roupa e o vestimos? Quando foi que vimos o senhor doente ou na cadeia e fomos visitá-lo?” —Aí o Rei responderá: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quando vocês fizeram isso ao mais humilde dos meus irmãos, foi a mim que fizeram.” —Depois ele dirá aos que estiverem à sua esquerda: “Afastem-se de mim, vocês que estão debaixo da maldição de Deus! Vão para o fogo eterno, preparado para o Diabo e os seus anjos! Pois eu estava com fome, e vocês não me deram comida; estava com sede, e não me deram água. Era estrangeiro, e não me receberam na sua casa; estava sem roupa, e não me vestiram. Estava doente e na cadeia, e vocês não cuidaram de mim.” —Então eles perguntarão: “Senhor, quando foi que vimos o senhor com fome, ou com sede, ou como estrangeiro, ou sem roupa, ou doente, ou na cadeia e não o ajudamos?” —O Rei responderá: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: todas as vezes que vocês deixaram de ajudar uma destas pessoas mais humildes, foi a mim que deixaram de ajudar.” E Jesus terminou assim: —Portanto, estes irão para o castigo eterno, mas os bons irão para a vida eterna." Mt 25.31-46

A existência do Inferno é incontestável!

O verdadeiro Servo é aquele que está na presença do Pai, não pelo medo do inferno, sim, pelo prazer e satisfação de honrar e glorificar ao Senhor Deus.

Na Bíblia as palavras: Geena, Hades, Tártaro (grego) e Sheol (hebraico), são traduzidas pela palavra Inferno.

O Inferno é descrito como:

a) Castigo eterno: 
"E irão estes para o castigo eterno, porém os justos, para a vida eterna." Mt 25.46
b) Fogo eterno: "Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos." Mt 25.41
c) Chamas eternas e Fogo devorado: "Os pecadores em Sião se assombram, o tremor se apodera dos ímpios; e eles perguntam: Quem dentre nós habitará com o fogo devorador? Quem dentre nós habitará com chamas eternas?" Is 33.14 
d) Fornalha acesa: "Mandará o Filho do Homem os seus anjos, que ajuntarão do seu reino todos os escândalos e os que praticam a iniqüidade e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes... Assim será na consumação do século: sairão os anjos, e separarão os maus dentre os justos, e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes." Mt 13.41,42,49,50
e) Lago de fogo: "E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo." Ap 20.15
f) Fogo e enxofre: "Seguiu-se a estes outro anjo, o terceiro, dizendo, em grande voz: Se alguém adora a besta e a sua imagem e recebe a sua marca na fronte ou sobre a mão, também esse beberá do vinho da cólera de Deus, preparado, sem mistura, do cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro." Ap 14.9,10
g) Fogo que não apaga: "A sua pá, ele a tem na mão e limpará completamente a sua eira; recolherá o seu trigo no celeiro, mas queimará a palha em fogo inextinguível." Mt 3.12
h) Lugar de punição: "Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo;" 2Pe 2.4
i) Lugar de tormento: "No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio." Lc 16.23

Veja mais:
a) 
"Porque um fogo se acendeu no meu furor e arderá até ao mais profundo do inferno, consumirá a terra e suas messes e abrasará os fundamentos dos montes."Dt 32.22
b) "Os perversos serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus." Sl 9.17
e) "Os seus pés descem à morte; os seus passos conduzem-na ao inferno." Pv 5.5
f) "Eles, porém, não sabem que ali estão os mortos, que os seus convidados estão nas profundezas do inferno." Pv 9.18
g) "O inferno e o abismo nunca se fartam, e os olhos do homem nunca se satisfazem." Pv 27.20; 
h) "Tu a fustigarás com a vara e livrarás a sua alma do inferno." Pv 23.14
i) "Eu os remirei do poder do inferno e os resgatarei da morte; onde estão, ó morte, as tuas pragas? Onde está, ó inferno, a tua destruição? Meus olhos não vêem em mim arrependimento algum." Os 13.14
j) "Eu, porém, vos digo que todo aquele que sem motivo se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento; e quem proferir um insulto a seu irmão estará sujeito a julgamento do tribunal; e quem lhe chamar: Tolo, estará sujeito ao inferno de fogo... Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não seja todo o teu corpo lançado no inferno." Mt 5.22,29; 
k) "Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo." Mt 10.28; 
l) "Tu, Cafarnaum, elevar-te-ás, porventura, até ao céu? Descerás até ao inferno; porque, se em Sodoma se tivessem operado os milagres que em ti se fizeram, teria ela permanecido até ao dia de hoje." Mt 11.23; 
m) "Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela." Mt 16.18; 
n) "Se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida com um só dos teus olhos do que, tendo dois, seres lançado no inferno de fogo." Mt 18.9; 
o) "Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque rodeais o mar e a terra para fazer um prosélito; e, uma vez feito, o tornais filho do inferno duas vezes mais do que vós!... Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?" Mt 23.15;33
p) "Tu, Cafarnaum, elevar-te-ás, porventura, até ao céu? Descerás até ao inferno." Lc 10.15; 
q) "Eu, porém, vos mostrarei a quem deveis temer: temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno. Sim, digo-vos, a esse deveis temer." Lc 12.5; 
r) "No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio." Lc 16.23
s) "Ora, a língua é fogo; é mundo de iniqüidade; a língua está situada entre os membros de nosso corpo, e contamina o corpo inteiro, e não só põe em chamas toda a carreira da existência humana, como também é posta ela mesma em chamas pelo inferno." Tg 3.6
t) "Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo." 2Pe 2.4
u) "e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno." Ap 1.18; e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno.
v) "E olhei, e eis um cavalo amarelo e o seu cavaleiro, sendo este chamado Morte; e o Inferno o estava seguindo, e foi-lhes dada autoridade sobre a quarta parte da terra para matar à espada, pela fome, com a mortandade e por meio das feras da terra." Ap 6.8; 
w) "Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo." Ap 20.14

Amados, a nossa preocupação não deve repousar sobre a realidade da existência do Inferno e do sofrimento reservado a este lugar; mas, no desejo de servir ao Eterno com todas as nossas forças, com todo o nosso coração e deixar-nos envolver pelo Espírito Santo, desta forma, seremos instrumentos úteis na proclamação da mensagem de salvação e conseqüente livramento de muitas almas castigo eterno 


Elias R. de Oliveira
 



quinta-feira, 23 de maio de 2013

1 Ai dos que cometem escândalos e fazem com que o nome de DEUS seja blasfemado!



E quem fizer tropeçar a um destes pequeninos crentes, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse lançado no mar (Marcos 9.42 / ARA).

Jesus continuou: - Quanto a estes pequeninos que creem em mim, se alguém for culpado de um deles me abandonar, seria melhor para essa pessoa que ela fosse jogada no mar, com uma pedra grande amarrada no pescoço (Marcos 9.42 / NTLH).

Se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que creem em mim, seria melhor que fosse lançado no mar com uma grande pedra amarrada no pescoço (Marcos 9.42 / NVI).

O evangelista Mateus cita no capítulo 18 e versículo sete as palavras do Senhor Jesus da seguinte forma: 

A interjeição “ai” é carregada de significados dolorosos e funestos nas paginas das Escrituras que eu não desejaria nem ao meu pior inimigo. (Vejamos, por exemplo, a colocação dela em passagens como: Isaías 10.1; Habacuque 2.12; Lamentações 5.16; Mateus 24.19; Apocalipse 8.13; Apocalipse 12.12 etc.) Observe que em todas essas passagens citadas o “ai” tem um significado extremamente doloroso para aqueles que são atingidos por ele.

Na passagem supracitada (Mateus 18.7) este “ai” atinge especificamente àqueles que “causam escândalos” e permitem assim que o nome de Deus seja blasfemado. Na dúvida, leiam novamente (Marcos 9.42) e vejam o castigo reservado para os que dão escândalos e não se portam como homens e mulheres de Deus.

Seria melhor para essa pessoa que ela fosse jogada no mar, com uma pedra grande amarrada no pescoço... (Marcos 9.42b / NTLH). Você já imaginou o que é a morte por afogamento com uma “grande pedra” amarrada ao pescoço? Morrer afogado já é terrível, imagina nestas circunstâncias?

Eu particularmente já tive uma experiência de afogamento (graças a Deus não morri) quando tinha 16 anos e lhes digo que não é nada agradável; Quanto mais se a vítima tiver uma “pedra” amarrada ao pescoço.

Quando o Senhor Jesus dava-nos essa “ADVERTÊNCIA” através dos evangelistas ele não estava nos ameaçando, mas nos dando uma ideia do “castigo” que está reservado para os que dão escândalos à obra de Deus.

Vendo os dias atuais e os escândalos aos milhares, daqueles que deveriam ser luz do mundo e sal da terra fico imaginando: Será que essas pessoas não conhecem a Bíblia? Será que não têm noção do castigo reservado a eles? São pessoas que dão um péssimo testemunho na presença dos pecadores, falam palavrões abertamente, participam de negócios escusos, envolvem-se em escândalos sexuais etc. Será que essas pessoas pensam que escaparão da punição divina?

Reflita e pense duas vezes antes de escandalizar a obra de Deus e permitir que o seu nome seja blasfemado por sua causa.

Boa semana a todos,

           João Augusto de Oliveira

quarta-feira, 22 de maio de 2013

1 Segunda Vinda de Cristo



“Então se verá o Filho do homem vindo Numa nuvem. Com poder e grande glória.” Lc 21.27
A seguir relaciono uma série de texto a respeito da breve volta de Cristo. Abra sua Bíblia e em oração e na sensibilidade ao Espírito Santo medite na Palavra.
Não faço comentários, pois a Bíblia não diz literalmente como será este retorno, e prefiro não entrar na área das suposições. Mas afirmo sem medo de errar: “Cristo voltará!
Veja: 
"Respondeu-lhe Jesus: Tu o disseste; entretanto, eu vos declaro que, desde agora, vereis o Filho do Homem assentado à direita do Todo-Poderoso e vindo sobre as nuvens do céu." Mt 26.64; 
"E lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir" At 1.11; 
"E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo, assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação." Hb 9.27,28

A volta está próxima, Prepare-se!”

1) Ela é predita e descrita pelos:

a) Profetas:
 
"Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha com as nuvens do céu um como o Filho do Homem, e dirigiu-se ao Ancião de Dias, e o fizeram chegar até ele." Dn 7.13 "Quanto a estes foi que também profetizou Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que veio o Senhor entre suas santas miríades..." Jd 14
b) Pelo próprio Cristo: 
"Quando vier o Filho do Homem na sua majestade e todos os anjos com ele, então, se assentará no trono da sua glória;" Mt 25.31; 
"E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também." Jo 14.3
c) Pelos Apóstolos: 
"a fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério, e que envie ele o Cristo, que já vos foi designado, Jesus." At 3.20; 
"que guardes o mandato imaculado, irrepreensível, até à manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo." 1Tm 6.14
d) Pelos Anjos: 
"E, estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto Jesus subia, eis que dois varões vestidos de branco se puseram ao lado deles e lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir." At 1.10,11

2) Denominada de:

a) Tempos de refrigério: 
"Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados," At 3.19
b) Tempos de restauração: 
" ao qual é necessário que o céu receba até aos tempos da restauração de todas as coisas, de que Deus falou por boca dos seus santos profetas desde a antiguidade." At 3.21 com "na esperança de que a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus." Rm 8.21
c) Últimos tempos: 
"5 que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo." 1Pe 1.5
d) Revelação de Jesus: 
"Por isso, cingindo o vosso entendimento, sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que vos está sendo trazida na revelação de Jesus Cristo." 1Pe 1.13
e) Dia vindouro de Deus: 
"Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade, esperando e apressando a vinda do Dia de Deus, por causa do qual os céus, incendiados, serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão."  2Pe 3.11,12
f)Dia de nosso Senhor Jesus: 
"...vos confirmará até ao fim, para serdes irrepreensíveis no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo." 1Co 1.8

3) Será:

a) Entre nuvens: 
"Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória." Mt 24.30 mais: Mt 26.64; Ap 1.7
b) Na glória de Deus: 
"Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos, e, então, retribuirá a cada um conforme as suas obras." Mt 16.27
c) Na sua própria glória: 
"Quando vier o Filho do Homem na sua majestade e todos os anjos com ele, então, se assentará no trono da sua glória;" Mt 25.31
d) Em fogo: 
" em chama de fogo, tomando vingança contra os que não conhecem a Deus e contra os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus." 2Ts 1.8
e) Com poder: 
"Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória." Mt 24.30
f) Da forma como subiu: 
"Ditas estas palavras, foi Jesus elevado às alturas, à vista deles, e uma nuvem o encobriu dos seus olhos. E lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir." At 1.9,11
g) Acompanhada por anjos: 
"Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos, e, então, retribuirá a cada um conforme as suas obras." Mt 16.27; mais: Mt 25.31; Mc 8.38; 2Ts 1.7
h) Com seus santos: 
"pois vós mesmos estais inteirados com precisão de que o Dia do Senhor vem como ladrão de noite." 1Ts 5.2; 
"Eis que veio o Senhor entre suas santas miríades," Jd 14
i) Subitamente: 
"para que, vindo ele inesperadamente, não vos ache dormindo." Mc 13.36
j) Inesperada: 
"Por isso vocês também fiquem vigiando, pois o Filho do Homem chegará na hora em que vocês não estiverem esperando." Mt 24.44; mais: Lc 12.40; 1Ts 5.2; 2 Pe 3.10; Ap 16.15
k) Como o relâmpago: 
"Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até no ocidente, assim há de ser a vinda do Filho do Homem." Mt 24.27
l) Com ressurreição de mortos: 
"Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro." 1Ts 4.16
m) Com arrebatamento:  
"depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor." 1Ts 4.17

4) Com o propósito de:

a) Completar a salvação dos santos: 
"assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação." Hb 9.28; 
"que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo." 1Pe 1.5
b) Trazer à luz as coisas ocultas das trevas: 
" Portanto, nada julgueis antes do tempo, até que venha o Senhor, o qual não somente trará à plena luz as coisas ocultas das trevas, mas também manifestará os desígnios dos corações; e, então, cada um receberá o seu louvor da parte de Deus." 1Co 4.5
c) Julgar: 
"Vem o nosso Deus e não guarda silêncio; perante ele arde um fogo devorador, ao seu redor esbraveja grande tormenta. Intima os céus lá em cima e a terra, para julgar o seu povo." Sl 50.3,4 com "E o Pai a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo julgamento." Jo 5.22;  "Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino:" 2Tm 4.1; mais: Jd 15; Ap 20.11-13
d) Reinar: 
" A lua se envergonhará, e o sol se confundirá quando o SENHOR dos Exércitos reinar no monte Sião e em Jerusalém; perante os seus anciãos haverá glória." Is 24.23;
"Foi-lhe dado domínio, e glória, e o reino, para que os povos, nações e homens de todas as línguas o servissem; o seu domínio é domínio eterno, que não passará, e o seu reino jamais será destruído." Dn 7.14;
"O sétimo anjo tocou a trombeta, e houve no céu grandes vozes, dizendo: O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos." Ap 11.15
e) Destruir a morte: 
"Porque convém que ele reine até que haja posto todos os inimigos debaixo dos pés. O último inimigo a ser destruído é a morte." 1Co 15.25,26

5) Os eleitos:

a) Devem considerá-la como eminente: 
" Vai alta a noite, e vem chegando o dia. Deixemos, pois, as obras das trevas e revistamo-nos das armas da luz." Rm 13.12; 
"Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor." Fp 4.5; 
"Ora, o fim de todas as coisas está próximo; sede, portanto, criteriosos e sóbrios a bem das vossas orações."  1Pe 4.7
b) A Benção de estarem preparados: 
"Bem-aventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim." Mt 24.46; 
"Bem-aventurados aqueles servos a quem o senhor, quando vier, os encontre vigilantes; em verdade vos afirmo que ele há de cingir-se, dar-lhes lugar à mesa e, aproximando-se, os servirá. Sabei, porém, isto: se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria arrombar a sua casa." Lc 12.37,39
c) Amam-na: 
" Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda." 2Tm 4.8
d) Esperam-na: 
"Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo," Fp 3.20; 
"aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus." Tt 2.13
e) Aguardam-na: 
"de maneira que não vos falte nenhum dom, aguardando vós a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual também vos confirmará até ao fim, para serdes irrepreensíveis no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo." 1Co 1.7,8; 
"e para aguardardes dos céus o seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, Jesus, que nos livra da ira vindoura." 1Ts 1.10
f) Apressam-na: 
"esperando e apressando a vinda do Dia de Deus, por causa do qual os céus, incendiados, serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão." 2Pe 3.12
g) Oram por ela: 
"Aquele que dá testemunho destas coisas diz: Certamente, venho sem demora. Amém! Vem, Senhor Jesus!" Ap 22.20
h) Preparados: 
"Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá." Mt 24.44; mais: Lc 12.40
i) Vigilantes: 
"Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor." Mt 24.42; mais: Mc 13.35-37; Lc 21.36
j) Aguardam-na pacientemente: 
"Ora, o Senhor conduza o vosso coração ao amor de Deus e à constância de Cristo." 2Ts 3.5; "Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas. Sede vós também pacientes e fortalecei o vosso coração, pois a vinda do Senhor está próxima." Tg 5.7,8
k) Preservados: 
"Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus." Fp 1.6; 
"O Senhor me livrará também de toda obra maligna e me levará salvo para o seu reino celestial. A ele, glória pelos séculos dos séculos. Amém!" 2Tm 4.18; 
"que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo." 1Pe 1.5; 
"Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da sua glória," Jd 24
l) Não se envergonham da mesma: 
"Filhinhos, agora, pois, permanecei nele, para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança e dele não nos afastemos envergonhados na sua vinda." 1Jo 2.28; 
"Nisto é em nós aperfeiçoado o amor, para que, no Dia do Juízo, mantenhamos confiança; pois, segundo ele é, também nós somos neste mundo." 1Jo 4.17
m) Serão semelhantes a Cristo: 
"o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas." Fp 3.21;
"Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é."  1Jo 3.2
n) Aparecerão com Ele: 
"Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória." Cl 3.4
o) Receberão a coroa: 
"Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda." 2Tm 4.8; 
"Ora, logo que o Supremo Pastor se manifestar, recebereis a imarcescível coroa da glória."  1Pe 5.4
p) Reinarão com Ele: 
" O reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será reino eterno, e todos os domínios o servirão e lhe obedecerão." Dn 7.27; 
"se perseveramos, também com ele reinaremos..." 2Tm 2.12; 
"e para o nosso Deus os constituíste reino e sacerdotes; e reinarão sobre a terra." Ap 5.10; mais: Ap  20.6 e 22.5

6) O Lar Celestial: Ap 21 e 22; Jo 14

a) Um tesouro: 
"mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam;" Mt 6.20
b) Há registro dos Eleitos: 
"Não obstante, alegrai-vos, não porque os espíritos se vos submetem, e sim porque o vosso nome está arrolado nos céus." Lc 10.20
c) Lugar reservados para todos os eleitos: 
"Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar." Jo 14.2
d) Cristo ali entrou: 
"Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, fitou os olhos no céu e viu a glória de Deus e Jesus, que estava à sua direita, e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé à destra de Deus." At 7.55,56
e) Edificado por Deus: 
"Sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos, eterna, nos céus." 2Co 5.1;
"porque aguardava a cidade que tem fundamentos, da qual Deus é o arquiteto e edificador.
" Hb 11.10
f) Reunião de todos os eleitos: 
"Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos." Ap 7.9
g) Obediência, condição de entrada: 
"Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas." Ap 22.14

7) Os habitantes do Céu:

a) Um grande exercito: 
"Só tu és SENHOR, tu fizeste o céu, o céu dos céus e todo o seu exército, a terra e tudo quanto nela há, os mares e tudo quanto há neles; e tu os preservas a todos com vida, e o exército dos céus te adora." Ne 9.6; 
"Um rio de fogo manava e saía de diante dele; milhares de milhares o serviam, e miríades de miríades estavam diante dele; assentou-se o tribunal, e se abriram os livros." Dn 7.10;
"Mas tendes chegado ao monte Sião e à cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial, e a incontáveis hostes de anjos, e à universal assembléia"  Hb 12.22;
"Vi e ouvi uma voz de muitos anjos ao redor do trono, dos seres viventes e dos anciãos, cujo número era de milhões de milhões e milhares de milhares,"  Ap 5.11, 
"Olhei, e eis o Cordeiro em pé sobre o monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, tendo na fronte escrito o seu nome e o nome de seu Pai." Ap 14.1, 
"Então, ouvi uma como voz de numerosa multidão, como de muitas águas e como de fortes trovões, dizendo: Aleluia! Pois reina o Senhor, nosso Deus, o Todo-Poderoso." Ap 19.6
b) Os Escolhidos de Deus: 
"Muitos virão do Oriente e do Ocidente, do Norte e do Sul e tomarão lugares à mesa no reino de Deus." Lc 13.29, 
"mas os que são havidos por dignos de alcançar a era vindoura e a ressurreição dentre os mortos não casam, nem se dão em casamento. Pois não podem mais morrer, porque são iguais aos anjos e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição." Lc 20.35,36; 
"Tens, contudo, em Sardes, umas poucas pessoas que não contaminaram as suas vestiduras e andarão de branco junto comigo, pois são dignas." Ap 3.4, 
"Um dos anciãos tomou a palavra, dizendo: Estes, que se vestem de vestiduras brancas, quem são e donde vieram? Respondi-lhe: meu Senhor, tu o sabes. Ele, então, me disse: São estes os que vêm da grande tribulação, lavaram suas vestiduras e as alvejaram no sangue do Cordeiro, razão por que se acham diante do trono de Deus e o servem de dia e de noite no seu santuário; e aquele que se assenta no trono estenderá sobre eles o seu Tabernáculo. Jamais terão fome, nunca mais terão sede, não cairá sobre eles o sol, nem ardor algum, pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima." Ap 7.13-17, 
"Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas." Ap 22.14
 

Esteja pronto para encontrar-se com o Senhor Jesus. Vida santa, reta e cheia do Espírito Santo!

http://www.vivos.com.br/27.htm

Elias R. de Oliveira


 

A voz da Palavra Profética Copyright © 2011 - |- Template created by Jogos de Pinguins